2º Costelaço Farroupilha

No ano passado, no dia três de dezembro, foi realizado o primeiro costelaço para render homenagens aos 400 anos de cultura gaúcha na América do Sul, (completado em 8 de julho de 2017), festejar o aniversário de 24 anos do ICF, 35 anos do extinto programa Galpão do Nativismo da Rádio Gaúcha, e mais de meio século do Sindicato Rural de Guaíba que sediou o evento.

Como se diz no canto da zamba do gaúcho argentino, (não há primeira sem segunda), o Instituto Cavaleiros Farroupilhas que já efetivou 26 Cavalgadas Farroupilha, 9 Acampamentos de Carnaval e de Páscoa, várias incursões internacionais de promoção rio-grandense gaúcha, não se conteve e para festejar seus 25 anos e do Programa Gauchesco e Brasileiro do Sistema Tarca de Comunicação, parceiro univitelino do ICF, promoveram o segundo Costelaço Farroupilha, em grande estilo estrutural e cultural abeira do Rio Guaíba, no Balneário Sans Souci, do município de Eldorado do Sul, com a benção do prefeito de Eldorado do Sul – Ernani Gonçalves, do vereador de Porto Alegre – José Freitas, do representante do Ministério Público Estadual – Dr. Fausto Domingues e da Brigada Militar – Cel. Juarez Fraga, bem como da mídia pela BITCOM-TV, que gravou o programa TERRA de Omair Trindade direto do evento e da cobertura pelo canal 6 da NET, do programa de NetWork de Sérgio Martins, e mais dos 86 veículos filiados ao STC.

Assim, no dia 16 de dezembro, foram assados a moda antiga, 25 costilhares e uma ovelha inteira, na batuta do revelado assador, presidente do conselho consultivo do ICF, João Antônio Fagundes de Abreu que veio de Uruguaiana e recebeu do público e da mídia, nota dez com louvor, sendo colocado na seleta galeria dos maiores assadores gaúchos de grandes churrascos, o ponto alto da festa! Não menos que o saboroso churrasco, foi o convivo social dos cavaleiros vindos de vários recantos do pago, de convidados especiais, imprensa e a comissão organizadora, retratando exemplo de civilidade a ser seguida, que não apresentaram queixas, fazendo desaparecer qualquer gafe organizacional que por ventura aconteceu, nesse evento a campo fora. Os presentes VIP e o povo que assistiu em seus recantos de pic-nic a beira d’agua, elogiaram muito a realização que teve grandes atrações musicais com destaque aos shows de Manito Oliveira na abertura e de Renato Fagundes no encerramento, com várias canjas de altíssimo gabarito como a da cantora Kauana Neves, do Dudu Gaiteiro, do Galito de Camaquã, de Pio Abreu e Charles Arce.

O evento ainda cedeu espaço para entrega dos diplomas aos cavaleiros participantes em 2018 da 26ª Cavalgada Farroupilha, do 9º Acampamento de Carnaval e de Páscoa, e do 1º Acampamento de Feriadão em Soledade, com falas importantes dos vencedores do concurso estadual de fotografias humanizadas dos rios gaúchos, pela historiadora e escritora Célia Jachemeti, de patrocinadores, de cavaleiros e amigos do ICF rendendo a maior felicidade pelo aniversário e lançando novos projetos para 2019, como o de aquisição e restauração da casa dos ministérios da República Rio-grandense em Caçapava do Sul, (segunda capital farroupilha) que será sede do ICF, compondo o rol de atração turística estadual dos patrimônios históricos.

Por certo o 3º COSTELAÇO FARROUPILHA já está sendo planejado, porque não há segunda sem terceira.

Para pensar: A tradição não tem medo do tempo, por isso o que se cultua vira tradicional!