Pelo dia Internacional da Mulher

Oito de março foi a data de marcar historicamente a luta das mulheres no mundo por melhores considerações sociais, econômicas e políticas, iniciada na virada do século vinte, tanto nos Estados Unidos quanto na Rússia e logo na Europa, aonde em 1910, na Dinamarca a alemã Clara Zetkin, propõe na segunda conferência internacional das mulheres socialistas, uma movimentação anual de protestos contra a exploração feminina, reivindicando os direitos das mulheres.

 

Em 8 de março de 1917 houve uma greve espontânea das mulher na Rússia que foi aproveitada como primeiro momento da revolução soviética contra o governo czarista, daí não pararam mais no planeta movimentos no sentido da libertação feminina, até que em 1975 o 8 de março foi adotado pelas nações Unidas, como o Dia Internacional da Mulher.

 

Aqui no Brasil, o direito político das mulheres surgiu no projeto de governo dos maragatos na revolução de 1923, sendo adotado no governo de Getúlio Vargas em 1932, quando foi instituído o voto feminino, toda via é bom salientar que na Revolução Farroupilha as mulheres tinham voz e vez, elas é quem mandavam na economia da República Rio-grandense, sustentaram as estâncias e mantiveram o PIB gaúcho da época, em quanto os homens estavam na peleia, em guerra.

 

Apesar de todos os avanços, no setor privado a mulher, só pelo fato de ser  mulher, tem remuneração inferior ao homem, e isso é uma injustiça que deve ser equalizada, pois no restante elas estão profissionalmente em todos os lugares e postos, tecnicamente bem instruídas, igual ou melhor que os homens e não perderam as obrigações de serem: mães, donas de casas, esposas, muitas vezes mantenedora da família.

 

Creio que em breve teremos os direitos iguais entre homens e mulheres, profissionalmente, terminado de vez a guerra dos sexos, ficando o diferente, que são os deveres da fêmea e do macho, que nessa relação jamais poderão se distanciar, ele – do cavalheirismo, do protetor, ela – da delicadeza, da sensualidade e os dois do romantismo, da amizade, do ser amantes, da cumplicidade, cultuando o respeito acima de tudo.

 

Para pensar: A força de um ser não está no físico e sim no intelecto, por isso as mulheres serão sempre mais fortes do que os homens!